sábado, 2 de agosto de 2008

a casa era na face do morro voltada para o nascente
a cera na cara do moço voltado para a mãe

a intenção era outra
mas o dia já passou


a sós o som no nada
lá o tempo era outro

a cena do moço na casa voltado para a parede
demora mas aprende



dava pra ver como o sol nascia ali
dava pra sentir o frio
dava pra ouvir a cachorrada latindo

a minha cadelinha não entende
as coisas triviais do meu dia
ali o tema era outro

arranhando o friso
que tem no tempo de cada tempo
riscando o vidro
que dava pra ver como o sol batia
amarrando o verso
pra entender como a vida funcionava

13 comentários:

  1. mudaste??

    (suas poesias estão ficando conhecidas por aki tbm)

    bjuuuu

    ResponderExcluir
  2. na verdade é a casa que eu morei a vida toda
    mas sempre fui hóspede::hoje mais do que nunca

    mais uma vez parto daqui, amanhã

    ResponderExcluir
  3. é! mudei mesmo

    gostou?

    aceito sugestões!!

    ResponderExcluir
  4. Que bom, novos leitores. Eu por aqui também...um prazer!
    Bjs, Karol.

    ResponderExcluir
  5. Oi.
    Estamos quites então..pq eu adorei sua poesia.

    A alegria aqui é outra.
    Fica à vontade em MôBlog.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. e entendeu mesmo como a vida funciona?

    >>

    ResponderExcluir
  7. Sensacional poesia! Meus parabéns. Como digo sempre, o Brasil reinventou a poesia beatnik. Obrigado por comentar nos meus blogs. Eu tenho dois blogs abertos, o "Exdruxulia 2008 - Provérbios esdrúxulos ou de difícil compreensão" e o "Modelos de cartas de suicídio". Se quiser participar de um deles, é só avisar que mando convite. Ah, eu também acho o "Super Resumos" muito engraçado. Abraço!

    ResponderExcluir

lave

metâmero




poesias inéditas semanalmente
outros conteúdos e indicações relacionadas diariamente em facebook.com/encardido

Creative Commons License
cárdeo [e todo o conteúdo, exceto quando citado de outrx autorx] de marcos assis está licenciado por creative commons atribuição-uso não-comercial-compartilhamento pela mesma licença 2.5 brasil