quinta-feira, 11 de setembro de 2014

o grande rato passeia livre
devora e vomita resto sob a terra
o grande fardo do cimento e da via
acima da casa que existir incomoda
o grande salto que voa livre
à frente do asfalto pintado todo
listrado
a grande casa passeia
demora e salta por baixo
rizoma e volta do outro lado
caminhos inexatos
o grande labirinto circula
fora das vias sem danças
verdades de trânsito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

lave

metâmero




poesias inéditas semanalmente
outros conteúdos e indicações relacionadas diariamente em facebook.com/encardido

Creative Commons License
cárdeo [e todo o conteúdo, exceto quando citado de outrx autorx] de marcos assis está licenciado por creative commons atribuição-uso não-comercial-compartilhamento pela mesma licença 2.5 brasil