segunda-feira, 8 de agosto de 2011

eu sempre tentando entender tudo isso
mas não há valor no esforço
o cuidado é cheio de dor
eu me sinto como se estivesse lapidando uma pedra qualquer
ninguém enxerga além
não vale a pena ser bom
há de ser cruel com estilo
não mais lapidar pedra sem valor
esquecer essas palavras que não saem

2 comentários:

  1. puxa... traduziu bem coisa que eu estava pensando/sentindo ultimamente.

    --

    pelo visto a insônia tem sido boa musa... a minha brigou comigo.

    ResponderExcluir

lave

metâmero




poesias inéditas semanalmente
outros conteúdos e indicações relacionadas diariamente em facebook.com/encardido

Creative Commons License
cárdeo [e todo o conteúdo, exceto quando citado de outrx autorx] de marcos assis está licenciado por creative commons atribuição-uso não-comercial-compartilhamento pela mesma licença 2.5 brasil