sexta-feira, 6 de novembro de 2015

olhaí olhaí
só falta te comer

tá pensando que perdeu
todo mundo viu

tá faltando o que já comeu
até caiu
nessa lama
a rastejar
ondular a farta memória primitiva
de ser princípio e fim

até engoliu
próprio rabo
autocanibal
animal

pensa que pode por
a palavra que quer pode por
pesa a que pensa que dor

tá falando que sou eu
amigo
amigo, chegaqui
pensa comigo

resta o princípio
que outro irá
engatilhar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

lave

metâmero




poesias inéditas semanalmente
outros conteúdos e indicações relacionadas diariamente em facebook.com/encardido

Creative Commons License
cárdeo [e todo o conteúdo, exceto quando citado de outrx autorx] de marcos assis está licenciado por creative commons atribuição-uso não-comercial-compartilhamento pela mesma licença 2.5 brasil