segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

facho

urgente pede acordar, descer, parar
a cidade dança
a vida demanda menos complicação
é clara luz como dia
chega sem pedir não pede quer simples
chega a luz desse dia de fora do alto
chega sem permissão sem remissão
a luz desse alto urgente pede acordar, descer, ir
a cidade demanda música
a vida diz menos complicação
não pede, entra facho desse dia luz, sol
urgente é acordar, ver, descer, parar

manhã acordar um dia desses
a cidade dança
a vida pede menos emoção, mais comoção
nessa cidade agitada
é clara como a luz do dia
turva nos intervalos
a cidade reclama buzina sono vidro fosco

café e olha o céu
a vida-dança
plantada nessa luz
acende com as pessoas dentro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

lave

metâmero




poesias inéditas semanalmente
outros conteúdos e indicações relacionadas diariamente em facebook.com/encardido

Creative Commons License
cárdeo [e todo o conteúdo, exceto quando citado de outrx autorx] de marcos assis está licenciado por creative commons atribuição-uso não-comercial-compartilhamento pela mesma licença 2.5 brasil